Lutar pelos direitos das pessoas com deficiência é uma causa que deve envolver toda sociedade, pois, a mesma precisa compreender e se conscientizar que as dificuldades encontradas pelas pessoas com deficiência não são provenientes das suas condições, mas sim da falta de estrutura e comportamento que a sociedade possui perante a essa comunidade.  Mesmo com o avanço na conquista de leis que visam assegurar condições de acessibilidade e inclusão para esse grupo social, esta não ocorre de maneira efetiva, sendo que ainda há escassez de políticas públicas que tenham como objetivo garantir esses direitos na prática. Outro fator preponderante é a necessidade da inserção das pessoas com deficiência no âmbito político, participando das decisões pelas suas próprias causas. 

O que é o Capacitismo? 

Entender o conceito de capacitismo é de extrema importância quando estamos falando da realidade social que as pessoas com deficiência estão inseridas. Pois, é justamente o capacitismo que dá nome ao preconceito e discriminação da sociedade com esse grupo, é um conceito pautado na ideia construída socialmente de corpo “perfeito”, considerando características “normais” e “anormais”. Com essa ideia errônea e preconceituosa, subestima – se a capacidade das pessoas com deficiência. 

Parte disso se deve a falta de discussão dessa pauta em todos os espaços e desconhecimento da realidade vivenciada por essas pessoas, muitas vezes esse preconceito vem mascarado quando as pessoas com deficiência são tratadas como heróis ou coitadinhos.

Capacitismo no Mercado de Trabalho

Apesar de existir uma lei que visa garantir a inserção das pessoas com deficiência no mercado de trabalho, na prática isso não ocorre de maneira efetiva. A Lei de Cotas obriga que empresas que tenham mais de 100 funcionários contratem uma porcentagem mínima de pessoas com deficiência. No entanto, do total de 45,6 milhões de brasileiros com deficiência, apenas 1% está no mercado de trabalho. 

Ainda temos um longo caminho para chegarmos em ambientes de trabalho verdadeiramente inclusivos e acessíveis, não é difícil encontrar empresas que contratam pessoas com deficiência apenas por serem obrigadas a cumprir a Lei, e muitas vezes não oferece a estrutura mínima para esses indivíduos, além de não exisrtir uma preocupação relacionada a formação dos funcionários. Vale ressaltar também, que muitas da vezes as empresas demandam cargos extremamente subalternos ou desnecessários por pura obrigação. 

Falta de acessibilidade para as pessoas com deficiência 

Diante de tantas dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência a falta de acessibilidade é sem dúvida um dos maiores entraves para essas pessoas. Ter acesso a locais públicos e privados com segurança é um direito para os indivíduos com mobilidade reduzida. No entanto, é comum e faz parte do cotidiano das pessoas que tem limitações fśicas se depararem com dificuldades para usar transportes, se locomoverem nas calçadas, falta de rampas, etc. Dessa forma, impossibilitando as pessoas com deficiência exercerem seus direitos de cidadania e viverem com independência e autonomia.  Importante ressaltar que fazer valer a legislação da acessibilidade é efetivar a inclusão social, pois sem os espaços adaptados não se pode falar em igualdade de direitos para todos, 

Lutar pelas causas das  pessoas com deficiência é dever de toda sociedade, buscando atitudes que efetive os direitos assegurados por lei. É perceptível os avanços na  legislação no que diz respeito a acessibilidade, porém ainda existem barreiras que precisam ser vencidas, E para tanto, é imprescindível a conscientização de todos e empenho para soluções efetivas diante de todos os empecilhos e discriminações ainda enfrentados pelas pessoas com deficiência.

Porque Devemos Lutar Junto às Pessoas Com Deficiência?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *